COMUNICAÇÃO  /  NOTÍCIAS DO SITE
 
Julian Nebreda, presidente da AES na América do Sul, defende liberdade para contratação de energia
07/11/2019 às 14:15 - Por: Silvia Pimentel e Juliana de Moraes
 
clique para ampliar
 
“A melhor forma de celebrar o aniversário de 20 anos da AES Tietê no Brasil é olhar mais de perto as perspectivas do mercado livre de energia, que traz para os clientes inúmeras vantagens em relação ao mercado regulado”, disse Julian Nebreda, presidente da AES para a América do Sul, durante o seminário “7º Energia em Foco”, promovido pela companhia, em 05/11 na capital paulista.
 
Para um auditório lotado – e que contou com a presença de Luiz Sergio Assad, diretor-presidente do SindiEnergia, e Vinicius Arantes, gerente de Relações Institucionais do Sindicato -, Nebreda ressaltou que a estratégia de negócio da empresa está apoiada em três frentes: mercado livre, sustentabilidade e tecnologia.
 
“Defendemos liberdade para contratação de energia pelos clientes de acordo com as suas necessidades e a oferta de soluções customizadas que proporcionem o uso eficiente e sustentável de energia. Afinal, a sustentabilidade é um imperativo moral da sociedade”, disse.  
 
Na sua visão, com a crescente demanda por soluções que agridam menos o meio ambiente, não é mais possível oferecer produtos e serviços competitivos sem considerar a questão da sustentabilidade, que também passou a ser um imperativo no mundo dos negócios. “As tecnologias de geração eólica e solar somadas aos sistemas de armazenamento com baterias já oferecem preços cada vez mais atrativos para o consumidor”, disse.  
 
 
Tecnologia
 
Durante o evento, o executivo informou que o grupo tem planos para trazer ao Brasil a Uplight, empresa de tecnologia criada por meio de um fundo de investimento, que visa oferecer ferramentas digitais e inteligência artificial aos clientes.
“Ao poder participar do mercado livre, além de liberdade para contratar a energia a preços mais competitivos e da garantia de que seja renovável, o cliente consegue ter o controle sobre o seu consumo quase que em tempo real, mas isso exige fortes
investimentos em tecnologia por parte da indústria”, concluiu, pontuando que a companhia aposta nessa área.
 
Perspectivas econômicas
 
Convidado para falar sobre os desafios e oportunidades para a economia brasileira, Carlos Sardenberg, jornalista e comentarista financeiro, avaliou que o país caminha para a recuperação econômica, ainda que de forma mais lenta que o esperado.
 
“O Brasil ficou por muito tempo totalmente fora do esquadro mundial, com gasto público altíssimo, uma sucessão de políticas econômicas malsucedidas e escândalos de corrupção”, justificou.
 
A nova política de contenção de gastos, aprovação da Reforma da Previdência, o consenso cada vez maior da necessidade de reformulação do sistema tributário, a tendência  de queda da Selic (taxa básica de juros), que deverá fechar o ano em 4,5%, além da ausência de sinais de volta da inflação são fatores que devem, na opinião do jornalista, impulsionar a economia depois de um período de recessão prolongada.
 
O futuro das renováveis
 
O seminário também contou com a participação de Luiz Barroso, CEO da PSR, que conduziu a palestra “Perspectivas e Evolução do Setor Elétrico: otimismo à frente”. Em sua apresentação, Barroso destacou que o maior desafio dos setores de energia eólica e solar é serem capazes de se desenvolver sob um marco regulatório de comercialização baseado na hidroeletricidade. “As renováveis impactarão o Brasil no futuro em diversas frentes”, previu.
 
Edição e revisão: 

Moraes Mahlmeister Comunicação   

 
 
 
Compartilhe: link: http://www.sindienergia.org.br/noticia.asp?cod_not=5218
 

Ver todas as notícias do site  |  Ver apenas notícias de: Empresas Associadas
 
 Deixe seu comentário
 
Nome
   
Email
Escreva seu comentário:
 
 
 
 
Ainda não há comentários
Seja o primeiro a comentar




11/11/2019- por Silvia Pimentel e Guilherme Alferes
Elektro vence prêmio concedido pela Época Negócios
A Elektro é uma das vencedoras do Prêmio Época Negócios Reclama Aqui 2019 – As Melhores Empresas para o Consumidor....
11/11/2019- por Guilherme Alferes e Silvia Pimentel
EDP lança 2ª edição de programa de acesso à energia em países em desenvolvimento
O Grupo EDP lança, pelo segundo ano consecutivo, o Fundo A2E (Access to Energy), que apoia projetos de acesso à energia...
08/11/2019- por Silvia Pimentel e Guilherme Alferes
Elektro lança chamada pública para seleção de projetos de eficiência energética
A Elektro, por meio do Programa de Eficiência Energética regulado pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica),...

Julian Nebreda, presidente da AES na América do Sul, defende liberdade para contratação de energia
 
 
   Insira seu nome e email e receba as notícias do SindiEnergia
Nome:
E-mail:
Copyright © 2007/2019 - Todos os direitos reservados.
Sindicato da Indústria da Energia no Estado de São Paulo
Rua da Consolação, 2697 - 1º andar
CEP: 01416-900 - São Paulo - SP
Pabx: (11) 3081-1120
 


 
 
sem