Caso não consiga visualizar as imagens, adicione o endereço do SindiEnergia à sua lista de remetentes confiáveis
. . . . . . . . .
Edição 296 - 5 de fevereiro de 2018


Ouvidoria da CPFL Energia obtém certificação ISO 9001

"Estamos orgulhosos de termos recebido a certificação ISO 9001, resultado dos constantes esforços que a CPFL Energia vem executando nos últimos dois anos para melhorar cada vez mais sua relação com os clientes e ampliar os canais de atendimento", afirma o diretor de Comunicação Empresarial e Relações Institucionais da CPFL Energia, Fabio Caldas, área em que a estrutura da Ouvidoria está alocada.

Para ler a notícia completa, acesse aqui


SindiEnergia promove reunião do Grupo Jurídico Contencioso em 07 de fevereiro

Aspectos relacionados à Reforma Trabalhista, com discussões sobre Ações Diretas de Inconstitucionalidade e Medida Provisória nº 808/2017, além de Nota Técnica do Ministério do Trabalho e Revisão de Súmulas do Tribunal Superior do Trabalho estão entre os temas que farão parte da pauta do encontro programado para 07/02, das 10h00 às 12h30, na sede da entidade patronal (Rua da Consolação, 2.697, 1º andar, São Paulo-SP).

Luiz Sergio Assad, diretor-presidente do SindiEnergia, coordenará o evento, com a apresentação desses e outros conteúdos pelo consultor jurídico da entidade patronal, Cassius Marcellus Zomignani. Para mais informações e confirmação de participação, entre em contato com a secretaria do Sindicato por meio do sindienergia@sindienergia.org.br.

Para ler a notícia completa, acesse aqui


Prêmio Best Innovator, da A.T. Kearney, seleciona EDP por inovação no Brasil

Realizado pela consultoria A.T. Kearney em mais de 15 países, o Prêmio Best Innovator elegeu a EDP Brasil como uma das 20 empresas mais inovadoras do país. A premiação, que avaliou mais de 200 companhias nesta edição, considera cinco dimensões de inovação com pesos diferentes: estratégia, processos, organização e cultura, estrutura e suporte, e resultado da inovação.

Para ler a notícia completa, acesse aqui


Regulação de Energia terá escola Ibero-Americana. Brasil participará do projeto por meio da FGV

A criação da EIR Escola Ibero-Americana de Regulação foi aprovada pela Associação Ibero-Americana de Entidades Reguladoras de Energia, devendo oferecer cursos presenciais e a distância a partir do segundo semestre de 2018. O objetivo é atender a demanda por pessoal treinado para enfrentar novos desafios regulatórios. O Brasil, por meio da FGV, participará do projeto em associação com a Universidade Católica do Chile.

Para ler a notícia completa, acesse aqui


Desde que citada a fonte, é permitida a reprodução das informações e textos contidos neste boletim e no site do SindiEnergia.
 
 
 
www.sindienergia.org.br